Porco ibérico + felicidade = presunto Joselito de qualidade

Porco ibérico + felicidade = presunto Joselito de qualidade

31.JAN.2014

A qualidade da carne que compramos é influenciada por um número infindável de fatores e os níveis de stress do animal não constituem exceção.


Os cientistas do Instituto de Pesquisa e Tecnologia Agro-alimentar (Research and Technology Institute - IRTA) estão a realizar um estudo para determinar como o estado emocional dos porcos afeta o seu bem-estar, tanto na quinta como no matadouro e, consequentemente, a qualidade do presunto produzido.


O projeto, intitulado “Marcadores e Emoção Animal” ou ANEMONA, realiza várias análises psicológicas e estudos comportamentais animais para obter as informações necessárias para estabelecer a relação entre o bem-estar do porco e a qualidade do produto final.


“Na pesquisa anterior constatámos que o estado emocional do porco pode modificar parâmetros bioquímicos e celulares do organismo do animal, os quais por sua vez podem ser usados como marcadores de stress,” afirma o diretor do projeto, o Dr. Antonio Valverde. “O projeto atual tenta ir mais longe e aceder à influência de género, genótipo e condições de tratamento na tendência cognitiva e identificar biomarcadores de stress antes e após o abate, no sangue, saliva, cérebro, intestinos e carne do porco.”


Até agora estes investigadores do IRTA conseguiram determinar que o conforto, fome e quaisquer ferimentos que um porco possa suportar são fundamentais para determinar a qualidade do produto obtido.


Na Joselito sempre considerámos que quanto mais confortáveis os nossos porcos ibéricos estiverem e quanto melhores forem as suas condições de vida, melhores serão os nossos produtos. É por isso que, durante dois anos, cada um dos nossos animais vive em liberdade total no seu habitat natural, o montado, um lindo ecossistema que está a meio caminho entre a floresta mediterrânica e o prado, onde desfrutam de três hectares de pastagem por animal, o que lhes permite alimentarem-se de bolotas e de pastos naturais e apreciarem a exposição solar e o ar livre. Todas estas condições fazem com que os porcos da Joselito possam ser considerados porcos felizes.


The Happy Pig Joselito -se o olhar para o alimento, uma pesquisa que pode levá-los a viajar 10 milhas por dia. Assim , os porcos Joselito desfrutar de total liberdade, além de seguir um 100% natural, livre de qualquer dieta química.

LINKS