Impressoras 3D: prontas para o consumo

Impressoras 3D: prontas para o consumo

18.JUL.2014
A gastronomia do século XXI não se baseia apenas em cozinhar, mas também em procurar novas formas atrativas e úteis de o fazer. Uma das mais recentes tendências de cozinha tem por base a tecnologia das impressoras 3D. Essas máquinas permitem imprimir objetos em 3D, neste caso concreto – alimentos, com um design previamente selecionado, através de um computador. O processo, seguido por um protótipo de tal tecnologia consiste em preparar, previamente, os alimentos (por exemplo, cortá-los, cozê-los ou triturá-los, se necessário) e em introduzi-los em cápsulas, de modo a transformá-los na “tinta” para imprimir as nossas receitas. Este método fornece muitas opções ao criar novas receitas com qualquer tipo de ingredientes e até mesmo com o Presunto ibérico proveniente de porco alimentado à base de bolota Joselito. Tendo sido, na verdade, concebido para pessoas com problemas de…

LINKS